Militantismo syndicale au brèsil

Pages: 36 (8885 mots) Publié le: 10 août 2010
93

Construindo a legitimidade: reflexões sobre as transformações das práticas de militância no movimento sindical
Kimi Tomizaki * e Maurício Rombaldi **

Resumo: O eixo central deste estudo reside na tentativa de responder a questões sobre as mediações existentes no estabelecimento dos vínculos de engajamento de trabalhadores no movimento sindical, bem como sobre as formas assumidas porprocessos de legitimação política no interior de distintas esferas do campo sindical brasileiro. Para tanto, parte-se dos casos de dois sindicatos, ambos do Estado de São Paulo: o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e o Sindicato de Telecomunicações. Entre as semelhanças existentes entre esses sindicatos, sobressai o fato de que durante a década de 1990 ambos passaram por processos de reestruturaçãoprodutiva em seus setores; a concomitante renovação de quadros sindicais – em que se destacam sucessões geracionais; e, por fim, a semelhança de origem social de trabalhadores e sindicalistas entre os setores – em grande parte de migrantes nordestinos com baixa escolaridade e ausência de qualificação profissional. Sobre as diferenças, observa-se que a constituição dos processos de legitimaçãosindical assume distintas composições, o que resulta em diversas reações aos processos de transformação vivenciados nos dois setores. Ainda que atravessando transformações sociais homólogas, os sindicatos permitem observar dinâmicas próprias na construção de diferentes legitimidades militantes e no destino de sindicalistas. Palavras-chave: sindicatos; legitimidade; trajetória social; campo político;telecomunicações; metalurgia.

Building legitimacy: reflections on the changes in political militancy practices in the union movement
Abstract: This study is focused on the attempt to answer questions about the mechanisms for the commitment of workers to political union activity, as well as about the way the political legitimacy process occurs in different spheres of the Brazilian trade unionfield. In order to answer such questions, two unions from the state of São Paulo were studied: the steelworkers’ union, from the ABC region, and the telecommunications workers’ union. There are some similarities between these unions, especially the fact that during the 90s, both of them went
* ** Professora de Sociologia da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP), São Paulo,Brasil. kimi@usp.br Doutorando do Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP), São Paulo, Brasil. mauricio.rombaldi@gmail.com

Pro-Posições, Campinas, v. 20, n. 2 (59), p. 93-112, maio/ago. 2009

94
through the processes of economic restructuration and personnel renewal– including generational succession. It is also interesting tomention the similarity concerning the social origin of workers and trade unionists, mostly Northeastern unskilled migrants with low schooling levels. Concerning the differences between the workers, we observe that the constitution of the process of trade union legitimacy takes on distinct compositions, which result in distinct reactions to the changes in the two sectors. Even though they have facedequivalent social changes, each of these unions has its own different dynamics in the building of different militant legitimacies and in future unionists’ actions. Key words: trade unions; legitimacy; social route; political field; telecommunications; steel work.

Introdução
“Na verdade não se fabrica militantes, né? Militante nasce feito!” (Diretor de base do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC,São Bernardo do Campo, 2002) “O sindicalismo está no sangue, vem de família.” (Dirigente sindical do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações de São Paulo, 2006)

Talvez fosse justo dizer que este artigo surge da percepção, um tanto quanto incômoda, por parte de seus autores, de que, diferentemente de outras pesquisas que assumem como objeto de estudo as práticas de grupos que militam...
Lire le document complet

Veuillez vous inscrire pour avoir accès au document.

Vous pouvez également trouver ces documents utiles

  • Les délégués syndicaux et la section syndicale
  • Bresil
  • le bresil
  • Le bresil
  • Le brésil
  • Brésil
  • Bresil
  • Brésil

Devenez membre d'Etudier

Inscrivez-vous
c'est gratuit !